A esquerda e a democracia - A TERRA É REDONDA - A Terra é Redonda

A esquerda e a democracia - A TERRA É REDONDA - A Terra é Redonda
AMAZON MUSIC FREE
É fato que as revoluções socialistas que ocorreram no século XX levaram a sociedades que não podem ser consideradas democráticas, e essa é uma realidade que os críticos do socialismo sempre usarão para atrelar a esquerda a regimes autoritários. É evidente que o termo democracia é muito mais vasto do que eleições periódicas dentro de um sistema onde o capital prevalece sobre o poder popular. A dita democracia burguesa, ou ditadura da burguesia para os marxistas, não é nem de perto uma democracia perfeita. Entretanto, de fato, há mais democracia nos EUA do que na China, e essa é uma realidade complexa a ser compreendida.

Primeiramente, na democracia liberal o poder econômico impõe restrições muito rígidas ao poder político eleitoralmente constituído. Só esse fato, que evidencia a incompatibilidade entre capitalismo e democracia, já põe por Terra a ideia de que a democracia é de verdade o modelo de governança nos países da América do Norte e da Europa, por exemplo. O poder econômico não apenas financia candidatos, mas controla os preços no mercado financeiro, é dono das Terras, detém a mídia de massas e subordina às suas vontades os exércitos de quaisquer países capitalistas, sejam centrais ou periféricos. Portanto, a democracia é um ideal a ser alcançado, e tem como entrave o próprio sistema capitalista.

O que se tem em comum na maior parte das revoluções socialistas do século XX foi seu início profundamente democrático, através do poder decisório de sovietes, comitês e sindicatos, seguido de um progressivo fechamento do regime, até alcançar um estágio de regime autoritário. Isso se deve principalmente pelo fato de que todos os países socialistas sofreram fortes cercos dos países capitalistas centrais que tentaram derrubar o regime contra-hegemônico local através de ameaças militares, bloqueios econômicos, infiltração de inteligência no governo local, operações psicológicas e de mídia, entre outros.