Febre amarela: por que vou esperar para vacinar meu filho - VEJA

Febre amarela: por que vou esperar para vacinar meu filho - VEJA
Não se fala de outra coisa nos grupos de WhatsApp, redes sociais ou dentro do elevador: todos querem saber onde tomar a vacina contra a Febre amarela. A corrida aos postos de saúde, formando filas de dobrar quarteirão, só aumenta a preocupação com o tema.

Uma amiga esperou quase sete horas para tomar a vacina nesta terça-feira em um posto do Cambuci, região central da cidade. Ela estava acompanhada do marido e filho de 10 anos. A espera chegou a 11 horas no mesmo posto hoje. Uma prima levou o filho de 4 anos e a sobrinha de 11 anos ao posto da Água Rasa, zona leste da cidade. Tiveram de aguardar 8 horas.

O sistema de distribuição de senhas também incentiva a corrida aos postos. Afinal, se há senhas é porque existe motivo para procura, não? É possível questionar se existe forma melhor de organizar uma fila. Pode ser que não, mas informar de forma mais efetiva a população sobre quem deve ser vacinado emergencialmente talvez pudesse amenizar o clima de pânico que se instalou.