Prêmio do cinema espanhol consagra "A sociedade da neve" - Estado de Minas

Prêmio do cinema espanhol consagra "A sociedade da neve" - Estado de Minas
O filme "A sociedade da neve", de J.A. Bayona foi o grande vencedor dos prêmios Goya, a maior distinção do cinema espanhol. Os troféus foram entregues na noite do último sábado (10/2), em Valladolid. O longa levou praticamente tudo – das 13 categorias em que estava indicado, venceu 12.

O drama baseado na história real dos sobreviventes do acidente de avião nos Andes em 1972, que envolveu a prática de canibalismo, foi escolhido como melhor filme, melhor diretor e melhor ator estreante, para Matías Racalt, além de conquistar diversos prêmios técnicos, inclusive o de maquiagem e cabelos – categoria em que foi lembrado também pela Academia de Artes e Ciências cinematográficas de Hollywood.

No Oscar, o longa de Bayona concorre ainda a melhor filme internacional. O longa que recebeu o maior número de indicações no Goya (duas a mais que “A sociedade da neve”) – "20.000 espécies de abelhas", da estreante Estíbaliz Urresola Solaguren – só triunfou em três categorias: melhor diretora estreante, roteiro original e atriz coadjuvante, para Ana Gabarain.